Grupo Figueira da Glete

  Cantinho dos gletianos da História Natural, da Química e da Psicologia Experimental
 

Heinrich Rheinboldt

             

Nasceu em 11 de agosto de 1891, em Karlsruhe, Alemanha

Faleceu em 5 de dezembro de 1955, em São Paulo.

Chegou em São Paulo em julho de 1934, com a incumbência de instalar e organizar o Departamento de Química (na época Sub-seção) da FFCL e ministrou as primeiras aulas, inaugurando o Curso de Química, em março de 1935.

Ao aceitar o convite da USP, deixou a Universidade de Bonn onde contava com apreciável número de colaboradores e desfrutava de grande prestígio como pesquisador e professor.

Possuidor de extraordinária capacidade didática, as suas aulas primavam pela clareza e criatividade e fascinavam os alunos.

Apesar da precariedade das instalações e dos parcos recursos, conseguiu imprimir ao curso características novas para a época em nosso meio, valorizando o trabalho experimental e estimulando o espírito crítico. Iniciou com discípulos brasileiros pesquisa científica em campos de importância fundamental e atualidade internacional.

Homem muito culto , de renome como historiador da ciência, em particular da Química, era bastante reservado e um tanto tímido. Acostumado à rigidez e ao formalismo germânico, ambiente em que a sua voz era respeitada e acatada, ficava perplexo diante da pouca atenção que seus projetos recebiam e das promessas vãs que não se cumpriam.

Faleceu um tanto frustrado, por não ter podido realizar bem mais do que teria desejado e sem ter conseguido a aprovação de um plano sequer que permitisse a expansão e crescimento do Departamento, possivelmente na Cidade Universitária. Não há dúvida, porém, que apesar das limitações, soube, juntamente com o professor Hauptmann, criar os sólidos alicerces de uma escola científica brasileira.

 

Paschoal Ernesto Américo Senize

São Paulo - 11/09/2003

Retorna a página anterior